Visite a Casa de Mozart em Viena: bilhetes, preços, horário de abertura

Quem sou
Carlos Laforet Coll
@carloslaforetcoll
Sumário
  • História da casa de Mozart em Viena
  • O que ver e fazer na casa de Mozart em Viena
  • - Primeiro andar
  • - Segundo andar
  • - Terceiro andar
  • - Segundo porão
  • - A loja
  • Como chegar à casa de Mozart em Viena?
  • - Por metro
  • - De autocarro
  • - De carro
  • Calendário & Preços da Casa de Mozart em Viena
  • - CALENDÁRIO
  • - TAXAS
  • É bom saber que

Você planeja ficar em Viena, uma jóia cultural da Europa? Se você deseja aprender mais sobre a vida de Mozart, vá ao N°5 de la Domgasse!

A casa de Mozart está localizada no coração histórico de Viena, perto da bela Catedral de Santo Estêvão e de muitos outros pontos turísticos e culturais de interesse na capital austríaca, que é uma das mais belas cidades da Europa!


Este edifício de 3 andares tornou-se, ao longo dos anos e sucessivos desenvolvimentos, um verdadeiro lugar de peregrinação para os amantes da música clássica e fãs do jovem compositor. Os turistas que visitam a capital vienense podem descobrir a única residência que resta do jovem compositor em Viena: Mozart. Ele viveu lá entre 1784 e 1787!

Para que você possa desfrutar de uma melodiosa parada cultural no coração da cidade de Viena, preparamos um pequeno guia que lhe permitirá visitar a casa de Mozart sem perder uma migalha: breve história, atrações e lugares a descobrir, mapa de acesso, tarifas, horários e muitos outros elementos essenciais.

Ouve, e vamos embora!

Leia também: As 16 coisas imperdíveis a fazer em Viena


História da casa de Mozart em Viena

Quando você vem visitar a casa de Mozart em Viena, você não pode deixar de ficar atordoado com este imponente edifício do século XV. Com 3 andares hoje, esta residência burguesa costumava ter apenas 2 andares. Originalmente, a entrada principal estava localizada no N°8 Schullerstrasse, mas as modificações para fazer o edifício que Mozart sabia - e que temos o privilégio de conhecer ainda hoje - foram realizadas pelo mestre pedreiro Andrea Simone Carove, então proprietário do edifício.

Após a sua morte, o jovem Mozart foi inquilino - durante três anos e por um aluguer anual de 450 florins - desta acolhedora casa que se tornou propriedade da rica família Camesina.
Embora o brilhante compositor tenha vivido apenas 3 curtos anos nesta encantadora casa de cidade, a sua fama foi tal que foi decidido não empreender mais nenhum trabalho neste lugar que se tinha tornado um importante local histórico. Além de algumas modificações para simplificar as visitas dos muitos turistas que queriam descobrir este lugar tão especial, a casa é - ainda hoje - perfeitamente idêntica àquela que abrigava o jovem prodígio.

Hoje foi convertido em museu e apresenta a vida e obra do artista, concentrando-se nos seus anos vienenses, durante os quais ele foi o mais produtivo da sua curta carreira. Para Mozart, Viena era um cenário privilegiado no qual ele podia dar rédea solta ao seu talento. A cidade, uma bandeira cultural no final da Europa do século XVIII, permitiu-lhe mergulhar num fermento criativo e artístico até então inaudito. Multiplicou encontros e manifestações musicais, esfregou ombros com monarcas, grandes nomes da nobreza, da burguesia e do mundo dos negócios, e contribuiu para aumentar ainda mais o papel preponderante da Viena barroca dentro das grandes cidades europeias.


O que ver e fazer na casa de Mozart em Viena

A casa de Mozart em Viena tem vários níveis, todos dedicados ao compositor austríaco, e a sua preservação é assegurada pelo Museu de Viena. O próprio Mozart considerava a cidade como o melhor lugar do mundo para exercer a sua profissão!
A visita é muito interessante e completa, e um áudio-guia gratuito pode ser oferecido a você. Além daexposição permanente, o preço do seu bilhete inclui o acesso a uma das exposições temporárias, diferente a cada ano.

Primeiro andar

No primeiro andar, que abrigou Mozart e sua família de 1784 a 1787, encontramos o apartamento onde muitas obras mundialmente famosas foram compostas como resultado de sua criatividade louca: três dos seis Quartetos dedicados a Haydn que fizeram amizade com o jovem compositor, assim como o Casamento de Figaro! É a maior e mais luxuosa habitação jamais ocupada pelo mestre da música clássica, mas também e sobretudo a única que permanece impecavelmente preservada hoje, tendo as outras sido destruídas ou completamente remodeladas.

Com 4 quartos grandes, 2 pequenos, uma grande cave e uma bela cozinha (na altura era uma propriedade de primeira classe), é embelezada com muitas fotografias e documentos da época para as pessoas que vinham visitar a casa de Mozart em Viena. Além das ilustrações que retratam o jovem em sua vida cotidiana, há informações interessantes sobre suas técnicas criativas, os instrumentos em voga na época que lhe permitiram expressar seu talento e uma riqueza de documentos fascinantes sobre o estilo de vida do homem que pode ser justamente considerado o primeiro verdadeiro "superstar" da história.


Nota-se a divertida presença de um sublime relógio musical desenhado por volta de 1790 e tocando uma variação de uma peça composta para pequenos instrumentos mecânicos, obviamente escrita pelo famoso compositor.

Segundo andar

No segundo andar, reproduzindo com elementos de estuque e belos murais a forma como o interior do edifício deve ter sido decorado no tempo de Mozart, existe uma colecção multimédia dedicada às obras musicais do artista: cenas tridimensionais de A Flauta Mágica, trechos musicais pouco conhecidos, e sobretudo o Paralelo Figaro oferecendo aos visitantes uma imersão audiovisual comparativa no mundo do "Casamento do Figaro", a ópera emblemática de Mozart apresentada em muitos lugares diferentes do mundo.

Terceiro andar

O terceiro andar também oferece um conjunto de conteúdos multimédia dedicados à vida pessoal e social do compositor. Além do contexto sócio-político da época, pode-se aprender mais sobre seus laços conturbados com os maçons (ele foi um deles durante os últimos 7 anos de sua vida), sua paixão pelo jogo, sua sede de cultura e ciência (o jovem, desde a sua morte, era membro dos maçons), sua paixão pelo jogo, sua sede de cultura e ciência (o jovem, desde a sua morte, era membro dos maçons) e seu amor pela música.uma grande vivacidade de espírito, era um estudioso notório), assim como os lugares que freqüentava na cidade de Viena, que sugerem que, além do talento extraordinário do jovem Wolfgang, sabia cuidar de suas relações e ser um homem de redes.

Segundo porão

Uma das partes mais surpreendentes do edifício é sem dúvida a segunda cave: o Salão Bösendorfer. Foi convertido numa sala de concertos para música de câmara graças à sua excelente acústica, equipamento de som de última geração e isolamento perfeito. As gravações de estúdio são regularmente improvisadas lá!

Regularmente, concertos, exposições e conferências são aí apresentados. É mesmo possível organizar festas privadas, baptizados e casamentos da mais alta qualidade, já que é possível alugar este espaço excepcional no coração da casa de Mozart em Viena.

A loja

Naturalmente, a visita termina com uma visita à loja, oferecendo inúmeros álbuns em CD e DVD dedicados às obras de Mozart, mas também vários livros e lembranças carimbados com o selo da casa de Mozart em Viena.

Como chegar à casa de Mozart em Viena?

Localizado no coração histórico de Viena, perto da Stephansplatz, é fácil chegar lá graças aos vários serviços de transporte público:

Por metro

  • Linha U1: "Stephansplatz" stop
  • Linha U3: "Stephansplatz" stop

De autocarro

  • Linha 1A: "Stephansplatz" stop

De carro

A conduzir aqui? Não há problema, vá e estacione na Stephansplatz 11 Parking, nas proximidades, mas muitas vezes ocupado durante a temporada de verão. Viena é uma das cidades mais turísticas da Europa, não a esqueçamos!

Calendário & Preços da casa de Mozart em Viena

CALENDÁRIO

  • Todos os dias (Verão e Inverno): das 10h às 19h

TAXAS

No lado da tarifa, o bilhete pode ser comprado online em muitos revendedores afiliados, ou diretamente no local.

  • Preço total: 11 euros.
  • Taxa reduzida (menos de 19 anos): 4,50 euros.
  • Taxa familiar*: 24 euros.
  • Tarifa com ViennaCityCard: 2 euros
  • Wiener Museumsmelange"** bilhete combinado: 18 euros.

*Com a tarifa familiar, você pode levar dois adultos e até três crianças em um tour por este espaço cultural de qualidade!

**Ingressos para a Casa de Mozart e um dos três seguintes museus: o Museu Judaico em Viena, o KunstHausWien ou a Casa da Música.

Áudio vídeo Visite a Casa de Mozart em Viena: bilhetes, preços, horário de abertura
Adicione um comentário do Visite a Casa de Mozart em Viena: bilhetes, preços, horário de abertura
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.