As 6 coisas mais importantes a fazer na Comporta

Quem sou
Elia Tabuenca García
@eliatabuencagarcia
Autor e referências


Todas as coisas a fazer na Comporta:


  • 1. as ruínas romanas de Tróia 2.
  • 2. o Museu do Arroz
  • 3. os golfinhos do Sado
  • 4. o porto palafítico da Carrasqueira
  • 5. as praias em torno da península da Comporta
  • 6. os campos de arroz da Comporta
  • Como chegar à Comporta?
  • - De França
  • - De Lisboa
  • Onde ficar na Comporta

O que fazer na Comporta Locais de visita obrigatória

Descubra tudo o que há para fazer na Comporta!

Localizada na península de Tróia, a 130 quilómetros de Lisboa, a Comporta é uma aldeia piscatória que conseguiu seduzir os visitantes com a sua paisagem quase primitiva. Nos últimos anos, a aldeia tornou-se uma das estâncias balneares mais na moda em Portugal, e tornou-se um dos destinos mais populares para o jet-set europeu.

Em contraste com as grandes cidades portuguesas, a Comporta tem vindo a evoluir para um destino boémio onde as comodidades de alta qualidade se misturam com autenticidade. Juntamente com as suas extensões de areia branca e campos de arroz, a aldeia envolve o visitante com a sua magia mistificadora.


Gostaria de visitar a Comporta e descobrir alguns dos seus segredos? Aqui estão 6 coisas para fazer na Comporta.

1. As ruínas romanas de Tróia


Se visitar a Comporta, opte por uma viagem às ruínas romanas de Tróia, a apenas alguns minutos do centro da cidade. Situado numa península arenosa, este grande complexo de salga de peixe, banhado pelo oceano, vai levá-lo de volta no tempo.

Do século I ao VI, peixe salgado e molhos à base de peixe foram aqui preparados e vendidos em todo o Império Romano. Classificado como "Monumento Nacional" desde 1910, oferece hoje vários tipos de entretenimento: visitas guiadas, exposições arqueológicas, espectáculos equestres e muito mais.


2. O Museu do Arroz


Visitar o museu do arroz é outra das melhores coisas a fazer na Comporta. Situado à entrada da aldeia da Comporta, na antiga fábrica de descasque de arroz, o Museu do Arroz levá-lo-á numa viagem pela história deste lugar ligada à tradição do cultivo do arroz.

Se esta visita cultural lhe abriu o apetite, não hesite em fazer uma paragem no restaurante com o mesmo nome, mesmo ao lado do museu. Aí pode provar pratos deliciosos ou simplesmente tomar uma bebida.

3. Os golfinhos do Sado


Encontros mágicos e espectaculares durante a sua estadia em Portugal? Vemo-nos no estuário do Sado! O lar ideal para uma multidão de animais, incluindo uma cápsula de golfinhos roazes.


A única população de golfinhos a viver num estuário português, pode observá-los optando por um cruzeiro nas águas do Sado. Atreva-se a fazer este passeio tranquilo e a observar as maravilhas que tem para oferecer.

4. O porto do Palafítico de Carrasqueira


A aldeia da Comporta oferece muitas delícias e o Palafítico de Carrasqueira é uma delas, impossível de perder se decidir visitar a Comporta!

Está localizado na Carrasqueira, o porto sobre palafitas com um aspecto rudimentar. Configurado de tal forma que os pescadores têm sempre acesso aos seus barcos, sem serem condicionados pelas marés, está suspenso entre o céu e o mar. As suas tábuas de trabalho aberto de forma irregular fazem dele um lugar único na Europa e um dos lugares mais frequentemente visitados na região de Alcácer.

5. As praias da Península da Comporta

Visitar a Comporta sem descansar nas suas incríveis praias? Inacreditável! A mil milhas de distância da azáfama das praias mais turísticas, as suas extensões de areia azul e dourada oferecem um refúgio de solidão calma , aliviada apenas pelo som das ondas. Visitar as suas praias é outra obrigação quando se está na Comporta, uma obrigação!


  • Praia do Carvalhal. Atravesse os campos de arroz e florestas, e encontre no final - como um lugar secreto - a praia de Carvalhal. Descubra as suas dunas e o seu mar calmo apelando ao relaxamento mas também à prática do surf. Dê um mergulho na água, ou prefira ficar preguiçoso numa rede que pode alugar no local.
  • Praia da Comporta. No limite da Reserva Natural do Estuário do Sado, encontrará a Praia da Comporta, uma área natural rodeada por campos de arroz e campos. Este lugar intocado, rodeado de pinheiros, é conhecido pela sua paisagem selvagem e tranquilidade. Perfeito para momentos de relaxamento, oferece também condições ideais para a prática de desportos aquáticos como o surf ou o kitesurf. Por um momento romântico, faça uma cavalgada ao longo da praia ou fique para admirar um pôr-do-sol sublime!
  • Praia de Pego. Local de encontro preferido do jet-set, a praia de Pego revela uma imagem idílica e selvagem. Perca-se entre as dunas e a imensidão turquesa, e relaxe à sombra de um guarda-chuva com um delicioso e refrescante cocktail. Vaguear por aí é garantidamente de alta qualidade!

6. Os campos de arroz da Comporta

Os campos de arroz são uma parte integrante da história da Comporta e são uma obrigação se visitar a cidade. Colorindo a paisagem de acordo com as estações do ano, geram uma energia especial para a comunidade.

Sinta-se à vontade para caminhar, andar de bicicleta ou montar a cavalo para desfrutar da tranquilidade da natureza envolvente. Descubra as velhas cabanas de pescadores e observe as diferentes espécies de aves que aí se escondem.

Como chegar à Comporta?

Situada na costa atlântica, a uma hora de carro de Lisboa, a Comporta é bastante fácil de alcançar se estiver a passar pela capital portuguesa. Esta região é uma óptima forma de escapar ao turismo de massas que temos vindo a ver em Lisboa há já alguns anos.

Da Europa

Para chegar à Comporta, terá de passar primeiro por Lisboa . Várias companhias aéreas, tanto de voos regulares como de baixo custo, oferecem voos para Lisboa a partir de várias cidades europeias.

De Lisboa

Uma vez em Lisboa, aqui está um exemplo de uma rota típica para a Comporta:

  • De carro, pode chegar a Setúbal em 37 minutos. Se planeia alugar um a partir do aeroporto, Renting Cars pode ajudá-lo!
  • Uma vez em Setúbal, embarque no ferry com o seu carro, em direcção a Tróia. A travessia demora cerca de 25 minutos e oferece-lhe uma vista esplêndida que lhe dará uma amostra das férias - com um pouco de sorte, poderá até ver golfinhos!
  • De Tróia, são 15 minutos de carro até à Comporta.

Onde ficar na Comporta?

Quer experimentar a experiência Comporta entre o mar e os campos de arroz? Gostaria de ficar em casas de estilo local com serviços de alto padrão? Casas de arroz são feitos para si!

Estas casas são perfeitamente colocadas na paisagem com as suas linhas limpas. Madeira, telhados de colmo e um luxo cheio de simplicidade pelo qual outros se apaixonarão. É neste cenário grandioso e autêntico, rodeado de natureza selvagem, que estará imerso durante a sua visita à Comporta.

Concebido para que todos se sintam confortáveis, é um lugar acolhedor e pacífico. Pode passar o seu tempo livre a ser cativado pela bela paisagem até onde a vista alcança.

E isto conclui a nossa revisão de todas as coisas a fazer na Comporta - desfrute da sua viagem como nunca antes! ;)

Adicione um comentário do As 6 coisas mais importantes a fazer na Comporta
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.